Ho'oponopono: um caminho para a liberdade

Eu comecei a praticar essa  técnica de meditação há mais ou menos dois anos. Logo que eu conheci essa maravilha meu interesse foi despertado. Por se tratar de uma filosofia de vida, que busca a limpeza da mente.

Ho'oponopono é um antigo sistema de cura havaiano. Trata-se de um processo de liberar energias tóxicas armazenadas dentro de nós, para assim permitir o acesso dos pensamentos, palavras, atos e ações divinas. É essencialmente sobre liberdade, completa liberdade do passado.

Praticar o ho'oponopono é consertar os erros em nossos pensamentos. E de acordo com os antigos havaianos, o erro surge de pensamentos que são contaminados por lembranças dolorosas do passado. Esses pensamentos surgem como julgamentos, projeções, raiva, conversa interna negativa, etc.

Quando optamos por praticar o ho'oponopono estamos cultivando a atenção plena de nosso próprio processo de pensamento, como também estamos assumindo a responsabilidade por tudo o que experimentamos.

Alguém está te incomodando? Você acabou de julgar alguém, isso pode fazer com que você se sinta mal ou confuso sobre de onde veio esse pensamento? Somos todos humanos. 

A premissa do ho'oponopono é que, se você reconhecer e retificar a origem desse pensamento (em si mesmo), poderá começar a curar a si mesmo, aos outros e ao mundo ao mesmo tempo. Você faz isso de um lugar de amor, pedindo desculpas e pedindo perdão.

O elemento chave aqui é entender que esses pensamentos surgem dentro de você . O mundo externo se desdobrará como quiser e você poderá escolher como responder.

O que mais me cativou nessa pratica havaiana é que você pode praticá-la de qualquer lugar. Você não precisa estar sentado ou em um lugar calmo. É empoderador encontrar-me numa situação em que talvez esteja incomodado, frustrado ou algo assim, e lembrar que tenho o poder de mudá-lo.

“Eu te amo, me desculpe, por favor, me perdoe, obrigada.”

 

Os resultados são instantâneos. O véu é levantado.

 Se permita desfrutar dessa pratica que vêm ajudando muitas pessoas.